Técnico em Enfermagem: tudo o que você precisa saber sobre o curso e carreira

Técnico em Enfermagem: tudo o que você precisa saber sobre o curso e carreira

Gosta de ciências biológicas, tem interesse na área da saúde e está pronto para cuidar de uma pessoa doente? O curso de técnico em enfermagem pode ser uma ótima escolha para você! Este profissional atua em diversos setores da saúde, que vão desde ambulatórios, atendimentos na área trabalhista, até em grandes hospitais. Com isso, o técnico em enfermagem é requisitado em todas as cidades que têm unidades de saúde, clínicas, entre outros. Se você se identifica com a possibilidade de atuar atendendo pacientes e ajudando em seus tratamentos, descubra tudo sobre o curso. Pode ser o que você procura!

Local e área de atuação de um Técnico em Enfermagem

Uma pessoa que fez o curso de técnico em enfermagem estará apta para desenvolver diferentes procedimentos na área da saúde como:

  • Receber pacientes;
  • Preparar leitos;
  • Avaliar registros dos sinais vitais;
  • Coletar exames laboratoriais;
  • Administrar medicamentos de acordo com a prescrição médica;
  • Apoiar a equipe de saúde em casos de urgências,
  • Checar a punção venosa;
  • Checar informações que auxiliem na conclusão do diagnóstico e passá-las para o médico;
  • Conduzir exames físicos;
  • Dar banho em pacientes;
  • Fazer curativos;
  • Realizar coleta de sangue para exame, entre outros.

tecenf.jpg

Com o conhecimento teórico e prático adquirido, o profissional que concluiu o curso de técnico em enfermagem poderá trabalhar em diversos locais como: hospitais, clínicas, atendimentos home care; serviços do SUS, atendimento pré e pós-hospitalar domiciliar, ambulatórios de empresas, ambulatórios, escolas, unidades de pronto atendimento, programas de saúde pública, centros de educação infantil, casas de idosos, laboratórios, spas, clínicas de internação de dependentes químicos, entre outros ambientes que precisem de um profissional da área da saúde. Durante o trabalho, o técnico é acompanhado e supervisionado por um enfermeiro, que tem graduação. Ele será o responsável por delegar as funções e, quando for o caso, sanar dúvidas ou orientar sobre algum procedimento.

Como ser um técnico de enfermagem

Como você pôde ver, esta é uma área que tem um amplo mercado de trabalho e sempre há recrutamento de profissionais. Quem tiver interesse em ser um técnico em enfermagem precisa fazer um curso que dura no mínimo dois anos e tem carga horária mínima de 1.800 horas. Além da parte teórica que engloba disciplinas nas áreas de ciências biológicas, biomédicas e da saúde, o estudante tem treinamento prático e deve cumprir estágio supervisionado em instituições de saúde. Ao finalizar o curso e estar com o certificado de conclusão em mãos, antes de ir trabalhar o recém-formado deverá realizar o seu cadastro no Coren (Conselho Regional de Enfermagem). Para isso, precisa apresentar uma série de documentos, de acordo com o Coren, como:

  • Diploma de Técnica (o) de Enfermagem;
  • Histórico Escolar;
  • Certidão Negativa;
  • RG – Registro Geral;
  • RNE – Registro Nacional de Estrangeiro, quando for o caso;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de Votação;
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Quitação Militar para homens;
  • Comprovante de Residência;
  • Foto 3×4;
  • Comprovante de pagamento da taxa de inscrição, entre outros.

É obrigatório o cadastro, bem como a quitação da anuidade do conselho de classe para poder atuar como técnico em enfermagem.

Diferença entre o técnico em enfermagem, o auxiliar e o enfermeiro

As três profissões caminham juntas, atuam nos mesmos lugares, mas têm formações e função diferentes. No geral pode-se dizer que:

  • Enfermeiro: profissional graduado, mais qualificado e tem conhecimento para dar assistência aos mais diferentes pacientes. No geral, comanda o trabalho de técnicos e auxiliares de enfermagem. O curso dura cinco ano;
  • Técnico em enfermagem: formação de menor duração, que requer ensino médio e que forma pessoa aptas a executarem o que for planejadas pelo enfermeiro;
  • Auxiliar de enfermagem: curso de 15 meses, em média, que forma profissionais aptos a realizarem tarefas mais simples do que as do técnico. Dentro o trabalho feito pelo auxiliar estão banho, aplicação de vacinas, administração de medicamentos, entre outros. Depois de tudo o que você descobriu sobre a profissão, está preparado para realizar o curso de técnico em enfermagem? Entre em contato conosco e tire as suas dúvidas.